Colágeno - A essência do rejuvenescimento

Produzido pelo nosso corpo, é a nossa principal proteina estrutural, sendo totalmente responsável pela elasticidade da nossa pele, pela rigidez articular e óssea. Representa 30 % das proteínas totais do nosso corpo.

Á partir da idade de 30 anos, ocorre uma perda de colágeno, em torno de 1 % ao ano, e na idade mais avançada de 50 anos, o nosso corpo passa a produzir em torno de 35 % da quantidade necessária para o sustento de nosso corpo. As mulheres sofrem mais com essa queda, pois normalmente têm menor quantidade dele no corpo. A deficiência de estrogênio, que acontece por volta dos 45 a 50 anos, faz com que haja uma diminuição da quantidade de fibroblastos, células responsáveis pela produção do colágeno, que junto com outra proteína, a elastina compoêm a trama de sustentação da pele. Com a menopausa, a perda anual de colágeno aumenta em torno de 2 %. O hábito de fumar e de se expor ao sol acelera a perda dele, por reduzir a irrigação á pele.

A redução do colágeno leva a diminuição do fluxo sanguíneo pelos vasos e uma menor capacidade de retenção de água pelas células, desacelerando a atividade de nossas glândulas sebáceas e sudoríparas, diminuindo assim, a oleosidade natural que protege a nossa pele como um filtro natural. Como consequência, nossa pele fica seca, enrugada e flácida, sensível a escoriações e as manchas pela exposição solar

O colágeno pode ser reposto através da nossa alimentação ( especialmente quando de origem animal ), mas, especialmente á partir dos 30 anos, é interessante a sua suplementação. Esse pode ser extraido industrialmente dos ossos, pele e tendöes de ainmais e vendido son a forma de pó ou cápsulas. Não existem contraindicações e é extremamente eficiente quando aliado á prática de atividades físicas regulares. Dose recomendada: 2 a 5 gramas/ dia.

Um estudo americano realizado somente com mulheres de 40 a 60 anos confirmou a eficácia na suplementação : melhora de 5,5 % da firmeza e de 10 % na elasticidade da pele.